Feeds:
Posts
Comentários

Tá aí uma cor que sempre gostei, mas quem nem sempre agrada outras pessoas, o cinza! Gosto porque é neutro, chic e urbano.

Tenho visto muito essa tendência que começou em desfiles do hemisfério Norte se espalhar e por isso fica a dica para quem quer começar investir em peças para o outono/inverno. Não acho que temos que seguir tudo o que nos apresentam, mas saber que cores investir é sempre uma boa dica, especialmente quando se trata de tendências usáveis.

A cor aparece em vários tons e combina perfeitamente com preto, branco, bordô (outra tendência de inverno) e com tons mais vibrantes como o laranja e o esmeralda.

Inspirações

Imagem

ImagemImagem

Imagem

Imagem

ImagemImagemImagem

Imagem

 

 

Há muito não passo por aqui…

Nossas últimas viagens para o Litoral tem sido para Norte Paulista, porém para o lado de São Sebastião e Ilha Bela, confesso que gosto mais, mas como nossos amigos estavam indo para Ubatuba e nos convidaram acabamos aceitando e não nos arrependemos😉

Nos hospedamos num condomínio na Praia das Toninhas chamado Wembley Tenis, excelente para quem busca diversão além da praia. Com uma piscina gigante, quadras de Tênis, futebol e até restaurante dentro do condomínio que oferece apartamento de 1 até 4 dormitórios. Ficamos num apartamento de 2 dormitórios e era tão agradável que decidimos fazer churrasco na varanda 3 noites depois de chegarmos moídos da praia.

Imagem

ImagemImagem

Ficamos apenas 4 dias e nos concentramos em aproveitar a praia que estava deliciosa e com um sol escaldante. Se você é como eu e não gosta de praia “muvucada”, mas também não está a fim de rodar km e km para chegar numa praia “deserta” a dica é a praia de Itamambuca, com areia branca e um rio, que se junta com o mar, magnífico para tirar o sal do corpo! É uma praia com ondas e disponibiliza até aulas de Surf, inclusive vimos algumas crianças detonando na prancha, coisa mais fofa! Gostamos tanto que voltamos 3 dias dos quatro que ficamos. Se você vai ficar mais tempo e está a fim de conhecer outras praias, indico as que ficam sentido norte (Felix, Curral, Fazenda), são mais bonitas e o movimento de pessoas não é tão intenso. 

Imagem

Imagem

Saímos um dia para jantar em Itaguá e a escolha foi certeira, o restaurante Picanha na Tábua, ambiente agradável e com vista para o Mar. Pedimos picanha e carneiro e ambos estavam deliciosos e os dois pratos serviram bem as duas famílias. 

 

ImagemImagem

Para finalizar a dica é não suba a Serra em horários de pico, a Tamoios está passando por reformas e o trânsito tem ficado bem lento. Saímos de Ubatuba uma hora e meia antes de nossos amigos no domingo (15:20h +/-) e pegamos um trânsito tranquilo até a Carvalho Pinto, gastamos o tempo esperado até nossa cidade, porém eles que vieram depois gastaram 4 ou 5 horas apenas até São José:/, então fique atento!!!

Até a próxima!

;*

 

Passando pelos blogs que costumo visitar me deparei com um post sobre a marca FYI que é do grupo animale. A princípio nem dei muita atenção ao nome, afinal não conhecia, queria mesmo ver o lookbook rsrsrsrs

Desde a primeira foto me identifiquei com absolutamente TUDO. Um jeito autêntico, descontraído e que até certo ponto vai contra o que a maioria das meninas/mulheres gostam. Veja como a marca se define: “Inspirada em meninas que são livres, dispostas a experimentar o novo e autênticas para criar seus próprios estilos. A idéia da FYI é que a cliente brinque com a roupa, busque entre as araras a “peça que faltava” no seu guarda roupa descontraído, flexível e até mesmo descombinado.”

O único problema é que dando uma olhada no contato do site, percebi que por enquanto se eu quiser uma pecinha que seja, terei que fazer uma visitinha ao Rio de Janeiro :( 

Tenho certeza de que se alguma amiga ver esse lookbook vai lembrar imediatamente de mim hahahaha 

 ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem

Gostaria de deixar algumas fotos do Le Blog de Betty e do blog Karla’s Closet que me inspiraram para o fim de semana.

Tanto a Karla quanto a Betty são meninas bem autênticas na maneira de se vestir e sai um pouco do “uniforme” que vemos em muitos blogs que parecem até produção em série!

Espero que gostem!

ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem

 

Acho que nunca dei dica de produto de beleza por aqui, certo?

Tenho a pele oleosa e nem todos os produtos são legais, porque detesto aquela sensação de “grude” no rosto. Pele hidratada é essencial, mas ajuda se o produto não deixar o óculos escorregando no nariz…. rsrsrs Falo isso porque, nem todos os que dizem ser oil free deixam a textura que busco.

Recentemente comprei dois produtos da Neutrogena que deixam minha pele exatamente como gosto. Um deles é o hidratante facial oil free FPS 15 e o outro é o deep clean energizing que dá um geladinho delicioso na pele. São produtos que cabem perfeitamente no nosso bolso e ainda com resultado excelente.

Comprei na farmácia Droga Raia. #Ficaadica

ImagemImagem

 

 

 

Já viajei para alguns países, mas nenhum se compara a esta para Moçambique e África do Sul. Embora os meus olhos tenham brilhado mais em Moçambique, incluo a África do Sul pelo contraste que uma fronteira pode causar. De um lado a modernidade, a limpeza, a organização e a sensação de civilidade urbana enquanto de outro a cultura primitiva, a precariedade, as lembranças de uma guerra civil, a falta do que entendemos como básico. 

No que se refere à região de Moçambique que visitei incluindo Inhambane, Maxixe e redondezas posso dividir em duas partes, pois conheci pessoas de ambos os lados. De um lado pessoas que moram na cidade e de outro famílias que vivem nas vilas (comparado aos bairros). A cidade embora pequena é mais parecido com o que conhecemos por cidade, com bancos, lojas, restaurantes, feiras livres, ambulantes, casas de alvenaria, hotéis. Enquanto nas vilas a realidade é outra, afastado do asfalto, casas construídas de materiais naturais, cobertas por sapê, sem saneamento básico, sem água, luz. Nesses lugares cozinha e banheiro são tão primitivos!

Embora a língua oficial seja o português, existem inúmeros dialetos que são falados mais do que o português, então as pessoas que frequentam a escola e que vivem na cidade falam o português, mas o pessoal das vilas na sua maioria fala o dialeto local. E nessa parte encontrei o primeiro encantamento, porque mesmo com toda a dificuldade, falta de recursos e tudo mais, muita gente fala mais do que um idioma, normalmente é o português, inglês e vários outros dialetos. Adolescentes dão muito valor ao estudo, mesmo que o futuro não lhes dê muitas oportunidades. Pais valorizam a educação das crianças no que se refere a comportamento e isso foi outro encantamento, crianças extremamente educadas.

E como não poderia ser diferente, conheci a alegria daquele povo onde tudo vira música e dança. Aguardávamos na ponte o nosso taxi boat para atravessar a baia, quando chega uma turma de aproximadamente 8 pessoas e começam a cantar e dançar pra nós com uma alegria contagiante. Nos juntamos a eles e cantamos até o barco chegar. Que experiência!

Também tive a oportunidade de conhecer o oceano Índico, ficamos numa cabana no que eles chamam de Resort. Que lugar maravilhoso, uma beleza natural incrível, onde baleias e golfinhos dão um show perto da costa.

Achei que seria um problema em termos de alimentação, mas acabei me impressionando com as comidas que em muito se assemelha a nossa e inclui arroz, batata frita, frango assado, carne de panela e etc. O tempero é um pouco mais forte e faz lembrar comida feita em fogão à lenha. Algumas carnes são diferentes, mas nada que assuste:)

Na África do Sul, especificamente Malelani, Nelspruit e Johanesburg destaco pontos turísticos como Kruger Park, local que fizemos o safari (Malelani), Estádios da Copa de 2010 em Nelspruit e Soccer City em Johanesburg e por fim o Lion Park em Johanesburg onde é possível ter contato físico com filhotes de leões, alimentar girafa. Infelizmente não conheci o museu do Apartheid, pois não tivemos tempo suficiente, mas fica a dica!

Como disse, foi uma das viagens mais incríveis que fiz, saí de lá com amigos, com o coração alegre pela oportunidade de amar ainda mais a Criação, incluindo homens e natureza!

ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem

Minha viagem à Africa também rendeu uma nova descoberta no que se refere a perfumes. Toda vez que viajo procuro um perfume que tenha a ver com minha personalidade e que não me sufoque.

Na minha última ida aos Estados Unidos me apaixonei pelo Daisy So Fresh, em outra viagem conheci um da coleção EdHardy que lembra muito o Dolce Gabanna Light Blue e assim por diante, poderia citar vários (caso queira sugestões é só perguntar😉 ) 

Gosto de fragrâncias frescas que são mais coerentes com o nosso clima tropical e o CK One Summer se encaixou perfeitamente. Com notas de hortelã, pepino, água de lótus e de sândalo entre outros a sensação de frescor fica garantida.

Fiz uma breve pesquisa e descobri que existem várias versões do CK One Summer e pelo que entendi trata-se de uma edição limitada. Inclusive, procurei no site mais conhecido de perfumes e não encontrei essa versão, se soubesse teria comprado dois frascos, porque além de tudo estava em promoção! Fica a dica pra quem vai passar no Duty Free de São Paulo.

Imagem

 

 

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 129 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: